Operação Domus realiza sétima edição retornando ao Residencial Cidade Jardim I

6 de agosto de 2021 - 17:19 # # # # # # # # # # # # # # #

Com o intuito de demonstrar o caráter permanente das ações ostensivas e preventivas em conjuntos habitacionais, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) realizou, nesta sexta-feira (6), a sétima edição da Operação Domus, retornando ao Residencial Cidade Jardim I, no bairro Prefeito José Walter, Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9) de Fortaleza. Essa é a terceira vez que a Operação Domus visita esse conjunto habitacional, em um período de 15 dias. As ações das Forças de Segurança do Ceará, em parceria com órgãos estaduais e municipais, focam no reforço de saturações preventivas e fiscalizações. Foram realizadas vistorias, notificações por construções irregulares, conduções por furto de energia elétrica e registros de infrações de trânsito.

A Operação Domus tem por finalidade detectar irregularidades relacionadas a ameaças recebidas por moradores, furto de energia, pessoas com mandado de prisão em aberto e outras situações encontradas durante a ofensiva, como construções irregulares em áreas comuns dos moradores.

Mobilização

Os trabalhos da Operação Domus são conduzidos pela Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS. A sétima edição teve início às 6 horas, desta sexta-feira, e se estendeu até as 14 horas, reunindo equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Já pelas forças amigas participaram os profissionais da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). Essa é a terceira vez que o residencial é alvo do trabalho integrado.

Balanço

No local, funcionários da Enel Distribuição Ceará realizaram inspeções nos imóveis no intuito de identificar irregularidades em medidores de imóveis que ocasionam o desvio de energia elétrica. Foram realizadas 315 inspeções residenciais, sendo constatadas 78 irregularidades, resultando em cinco pessoas conduzidas para delegacias da Polícia Civil. Uma mulher de 41, e dois homens, de 26 e 30 anos, foram autuados por furto de energia elétrica.

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) com o apoio do Batalhão da Polícia do Meio Ambiente (BPMA) realizou 30 abordagens, aplicando 18 autos de infrações e 18 termos de advertências por construções irregulares, além de efetuar cinco demolições, seis retiradas de cercas e uma retirada de placa.

Pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran), 190 abordagens foram realizadas. Desse número, 67 infrações foram registradas e 19 veículos foram apreendidos. Pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), 12 fiscalizações verificam a integridade dos equipamentos de monitoramento dos apenados e a situação legal deles. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará, acompanhados da Polícia Civil, vistoriaram 288 apartamentos a fim de verificar as conformidades nas saídas de emergência. Dois comércios locais foram orientados pelos bombeiros militares a solicitar o certificado de conformidade.

Outras edições

A primeira edição aconteceu no conjunto habitacional Alameda das Palmeiras I, no bairro Ancuri, Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza, em 15 de julho de 2021. Na semana seguinte, em 21 de julho, agentes do Estado e da Prefeitura de Fortaleza foram ao Residencial Cidade Jardim I, no bairro Prefeito José Walter (AIS 9).

Na terceira e quarta edição, deflagradas em 23 e 28 de julho, respectivamente, a Operação Domus realizou ofensivas nos residenciais Alameda das Palmeiras I e Alameda das Palmeiras II, ambos no Ancuri. A quinta edição da ofensiva foi deflagrada em 30 de julho, no residencial Cidade Jardim I, no bairro José Walter (AIS 9), em Fortaleza, encerrando o primeiro mês da Operação Domus.

O mês de agosto abriu com a sexta edição da Operação Domus, realizada no dia 3, retornando ao Residencial Alameda das Palmeiras II – no bairro Ancuri, Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza.

Domus

Domus é um termo em latim que significa domicílio. Com isso, a Operação Domus, deflagrada pela SSPDS, busca manter a sensação de acolhimento e bem-estar em conjuntos habitacionais.