Polícia Civil captura suspeitos de envolvimento em latrocínio de estilista

17 de Maio de 2018 # #

Um adulto foi preso e um adolescente apreendido, nessa quarta-feira (16), durante uma ação conjunta de policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do 5º Distrito Policial (DP). Os dois são suspeitos de terem envolvimento no latrocínio que vitimou a estilista Nayana Mara Costa Araújo (32), crime ocorrido na última segunda-feira (14), no bairro Parangaba, na Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5). Para a Polícia Civil, o caso está elucidado. As buscas seguem no intuito de capturar outros suspeitos de participaram da ação criminosa.

A partir do trabalho conjunto de investigação acerca do crime, os policiais da especializada e do 5º DP seguiram até o local onde os partícipes do crime estavam e os capturaram, no bairro Vila Manoel Sátiro (AIS 9). O adulto foi identificado por Lucas Almeida Coelho (23), com antecedentes por roubo e receptação. O menor de 17 anos não tinha passagem pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). De imediato, a dupla foi conduzida à sede da DHPP para prestar depoimento. Lucas foi indiciado pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte), receptação e corrupção de menor. Em desfavor do adolescente, foi lavrado um ato infracional análogo ao crime de latrocínio.

Os trabalhos da Polícia Civil se concentram em capturar os outros suspeitos envolvidos na ação de culminou na morte de Nayana. A motocicleta utilizada pelo grupo foi apreendida, assim como o automóvel dos suspeitos, que foi abandonado no dia do crime em um estacionamento. O Chevrolet Classic estava com placas clonadas.

Denúncias

A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos demais suspeitos do caso. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-8807, da DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

O crime

O fato aconteceu na Rua Roquete Pinto, quando Nayana deixava o trabalho. Informações iniciais apontam que ela foi abordada por suspeitos, que chegaram em um veículo modelo Classic, de cor cinza. Eles tentaram levar o automóvel da vítima, instante em que ela foi atingida por um disparo de arma de fogo. Nayana não resistiu ao ferimento e veio a óbito no local. Os infratores fugiram em seguida.
O carro utilizado pelos suspeitos foi abandonado no estacionamento de um supermercado. A Polícia verificou que o automóvel constava como roubado e que estava com placas clonadas. Tanto o veículo da vítima, quanto o utilizado pelos suspeitos, foram encaminhados para unidades policiais.